Ministério da Cidadania e ArcelorMittal apresentam:

 

sexta - 18 de outubro

Banda da Polícia Militar do ES | 18h

 

Com sua forma versátil de se apresentar e seus ritmos variados a Banda de Música da Polícia Militar do Espírito Santo preenche espaços no cenário musical por já ter se apresentado em diversos festivais e acompanhado cantores nacionais e internacionais. Atualmente, é destaque no País sendo conhecida em outros estados como uma Banda diferente que inova os contextos tradicionais.

 

TOCATA BRASS.jpg

Duo Finlândia | 20h40

 

Duo Finlândia, formado pelo argentino Mauricio Candussi e o brasileiro Raphael Evangelista, em 2010, vem com um jazz sofisticado fusionado com ritmos latino-americanos, misturando o violoncielo com o acordeão, teclado e sons eletrônicos. Com cinco CD´s lançados, o duo tem prêmios acumulados e já tocou em 19 países.

 

afonso abreu.jpeg
PM.jpg

Tocata Brass | 19h20

 

Tocata Brass, com toda sua feminilidade instrumental, é formado por seis mulheres, coordenadas pelo prof. Marcelo Rodrigues, que se conheceram na Faculdade de Música do ES (Fames) e formaram o grupo para experimentações musicais. Entre suas apresentações, já tocaram no Festival de Santa Teresa, um dos mais importantes do estado.

 

duo-finlandia.jpg

Afonso Abreu Trio | 22h

Participação - Colibri

 

Afonso Abreu chega no nosso festival com um show em homenagem à Marien Calixte. No repertório, clássicos do jazz, gênero musical favorito de Marien, fonte de pesquisa e conteúdo para seu programa de rádio “O Som do Jazz”, que ficou no ar por mais de 50 anos nas rádios capixabas. Se juntam à Afonso Abreu no palco os músicos Pedro de Alcântara (piano) e Marco Antonio Grijó (bateria), além do convidado especial Ailton Paulo "Colibri". (saxofone).

sábado - 19 de outubro

Batida Diferente | 18h

Participação - Joyce Rodrigues

 

O Batida Diferente Quarteto foi criado em 2018 por quatro amigos com objetivo de divulgar e difundir a música instrumental brasileira e internacional. Formado por Ailton Júnior (Trompete), Jean Ferreira (Baixo), Allyson Silva (Bateria) e Willian Roberto (Guitarra), quatro músicos da nova geração, que vêm construindo a carreira musical com significativas experiências artísticas. No Marien Calixte Jazz Music Festival o show conta com a participação da lindíssima Joyce Rodrigues no violoncelo. ⠀
O Batida Diferente vai fazer um show que inclui um repertório infantil, que vai encantar as crianças presentes no festival.

alexandre-borges.jpg

Jonathan Ferr | 20h40

 

Jonathan Ferr vem lançar seu trabalho Trilogia do Amor, depois de passar pelo Rock In Rio 2019. Ferr tem liderado um movimento de música instrumental urbana no Rio de Janeiro. Virtuoso pianista jazz, carioca, tem se destacado na cena instrumental, propondo uma sonoridade inovadora que ele chama de Urban Jazz. Funde a classe e a liberdade do jazz com a arte contemporânea produzida nas ruas, fora das salas de concerto, misturando Jazz com hip hop, neo soul e Eletronic Music.

Hermeto Pascoal & Grupo . por Gabriel Quintão.jpg
batida-diferente2.jpg

Alexandre Borges Quinteto | 19h20

 

Alexandre Borges Quinteto tem shows realizados dentro e fora do país com influência dos grooves e as harmonias do “Smoth Jazz”, do “Jazz fusion” e da “Música Brasileira”. Acompanhado dos músicos Hugo Maciel(baixo), Alexandre Matos(teclado), Sérgio Rouver(saxofone) e Mazinho Lima(bateria/percussão), Alexandre Borges promete um show dinâmico, técnico e dotado de muitos improvisos, expressando a virtuosidade de cada músico e representa, com muita qualidade, o cenário da música instrumental moderna.

jonathan-ferr.jpg

Hermeto Pascoal | 22h

 

Hermeto Pascoal dispensa apresentações. Considerado um dos maiores gênios da música mundial, é multi-instrumentista, toca teclado, piano, flauta-baixo, escaleta, sanfona 8 baixos, porcos, chaleira, berrante e uma infinidade de instrumentos ao lado de seu lendário grupo, formação que mantém a mesma tradição desde os anos 70. 

Malê-dixieland.jpg

Malê Dixieland | Sexta e sábado | Intervenções

 

Malê Dixieland vai te surpreender durante o nosso Festival. Essa juventude está preparando um som incrível, sob o comando do Maestro Eduardo Lucas. Atrás dela só não vai quem já morreu! A apresentação será itinerante nos dois dias do Festival e o público será a grande tônica dessa contagiante apresentação.